Os investidores que estão iniciando as operações com ações, normalmente apresentam a seguinte dúvida: “Se a corretora quebrar, o que acontece com minhas ações?”

Vamos usar o exemplo da recente falência do Banco Cruzeiro do Sul e consequentemente de sua Corretora (Apregoa), para: ajudar a responder essa pergunta, reduzir o medo dos investidores e mostrar como as coisas funcionam.

Quando o Banco Central no dia 14/09/12 anunciou a liquidação extrajudicial do Banco Cruzeiro do Sul, os clientes não tiveram nenhum prejuízo em relação as suas ações, já que as mesmas ficam sob custódia da CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia) e não da corretora.

Neste caso, os clientes da Corretora do Banco Cruzeiro do Sul que tinham as ações na Apregoa (Corretora do Banco) não tiveram nenhum prejuízo, para rever os seus ativos e continuar operando, foi necessário somente solicitar a troca da instituição Corretora.

Além disso, em relação ao saldo financeiro remanescente na conta da corretora, assim como o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) ressarce até R$ 70 mil de contas poupanças e CDBs (Certificado de Depósito Bancário), em caso de quebra de um banco, as corretoras também são amparadas por um instrumento que garante a devolução do cliente do dinheiro disponível em conta. Trata-se do MRP (Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos), disponibilizado pela BSM (BM&FBovespa Supervisão de Mercados).

O cuidado e a proteção ao investidor, são essenciais para o desenvolvimento do mercado, exemplos como esse ajudam a reforçar como a regulação e o controle do nosso sistema financeiro é forte e atuante. Dessa forma, mantemos nossa crença na Bolsa de Valores e permanecemos recomendando o mercado de ações para quem deseja realizar investimentos de longo prazo.

Fatos como esse são positivos para o mercado, os investidores, a Bolsa de Valores e a sociedade capitalista.

Bons Investimentos,

Lucas Leal
lucas@officeinvestimentos.com.br

 

Share This
Leia o post anterior:
Panorama do Mercado – 17-09-2012

Tivemos uma semana de muita euforia para a bolsa brasileira. Os investidores foram as compras e o Ibovespa terminou o...

Fechar