Psicólogo, apaixonado pela 7ª arte. Assiste a qualquer gênero de filmes, tem uma memória visual impressionante conseguindo com isso identificar o filme que aquele coadjuvante do filme “X” fez em 1970…isso as vezes assusta as pessoas. Começou a escrever um blog pessoal, depois partiu para escrever sobre futebol uma de suas paixões e por último é co-fundador do Cinema Detalhado.

Sanjuro
Não tem como eu fazer uma lista de melhores filmes e não incluir um filme de Kurosawa. Já vi muitas produções do mestre japonês e poderia ter optado por obras como Ranshomon ou o clássico Os 7 Samurais, mas Sanjuro para mim é mais significativo. Acho que esse é o filme de ação definitivo, se alguém for pensar em fazer qualquer filme de ação deveria olhar sempre para Sanjuro como exemplo. Um roteiro bem simples, mas muito cativante, assim como seus personagens bem caricatos que divertem, encantam e conquistam o espectador. Além disso, a coreografia das lutas de espada são um show, uma produção feita com muito primor e a qual vejo e revejo sem nunca me cansar de sua beleza e profundidade.

Matrix
Esqueçam as duas continuações eu não estou falando da saga e sim do 1º filme. Matrix foi um marco do cinema e não apenas por causa do efeito bullet time, o que ele representou vai muito além disso. Envolto em uma mitologia própria que mistura conceitos filosóficos, religião, tecnologia, cultura pop e muita ação o filme é fantástico. Esta combinação foi um sucesso que conquistou a todos, uma produção que mudou a minha forma de ver cinema. Lembro que desde a 1ª vez que vi o filme eu sabia que estava diante de algo extraordinário. Eu saí do cinema convicto e compelido a assistir essa obra novamente e o fiz por várias vezes.

Batman: O Cavaleiro das Trevas
Com certeza essa foi a 1ª obra que realmente deu profundidade aos personagens dos quadrinhos com os fãs amam. O Coringa interpretado por Heath Ledger é algo fantástico, um personagem muito complexo, que tange a loucura, unindo-a com o anarquismo e com traços de perversão; um prato cheio para os psicólogos, mas especialmente para os fãs de quadrinhos. O roteiro, as atuaçãos, a trilha sonora, a direção acho muito difícil algum filme de heróis superar essa produção a curto prazo.

Pulp Fiction
Tarantino é um diretor que adora referências pop, mas também gosta de misturar ação a diálogos filosóficos bem interessantes. Neste filme ele consegue mesclar isto com uma trilha sonora fantástica (algo recorrente nos filmes dele) com atuações bem interessantes de seus protagonistas. Além disso temos o retorno triunfante de John Travolta sem contar a presença fantástica de Samuel L. Jackson. O filme é repleto de diálogos provocantes e mostrou uma forma totalmente diferente de tratar a violência e o mundo dos foras da lei nas telas, servindo de inspiração para outras produções. Mais uma produção que revejo várias vezes e não canso de admirar o resultado final.

O Extreminador do Futuro 2
Com certeza um dos melhores filmes que misturam ação e ficção científica de todos os tempos. Com roteiro e direção de James Cameron o filme não é apenas um marco por revolucionar os efeitos especiais na época. Exterminador 2 é uma das poucas sequências na história do cinema que supera o sucesso do original em público e crítica. A partir deste filme que a saga dos exterminadores realmente se tornou um fenômeno pop de toda uma geração. Aliando uma atuação bem segura do jovem e talentoso Edward Furlong (A Outra História Americana), contando ainda com um roteiro bem interessante o filme é fantástico. Entretenimento de primeira qualidade que ainda hoje tem o seu lugar na prateleira de qualquer cinéfilo.

Share This
Leia o post anterior:
Cine Humor : Harrison Ford

Fechar