Resultado de imagem para Como Treinar Seu Dragão 3

Soluço busca realizar seu grande sonho de encontrar um lar pacífico onde os dragões possam viver em segurança. Lá, Banguela descobre uma companheira, assim como ele, mas um tanto selvagem. Mas é quando o perigo começa a rondar o lar, que a dupla Banguela e Soluço é testada e precisa tomar decisões difíceis para salvar suas espécies. [SINOPSE]

O estúdio Dreamworks sempre trata bem suas franquias de animação: Faz lançamentos mais espaçados, tem tramas mais elaboradas e, principalmente, sabe a hora de parar. Foi, ou tem sido, assim com Shrek, Madagascar, Kung Fu Panda. Sempre lembro de como a franquia “A Era do Gelo” foi se deteriorando com o tempo, adicionando personagens a cada novo episodio e acabando de maneira deplorável. Particularmente eu sempre achei que tratassem esta franquia com ainda mais carinho, não sei exatamente o motivo ou a historia por trás, mas o fato é que a formula se mantem neste fechamento de trilogia da turma do Soluço.

O primeiro filme foi a origem, apresentação de personagens, conflito, ect… o segundo já implementou aquele conceito de “maior, mais grandioso, mais barulhento“, fico com a impressão que foi o mais irregular, o mais voltado para bilheteria e menos próximo da essência que o estúdio imaginou para a franquia, ainda assim, é bom que seja dito, é um ótimo filme.

Este terceiro a equipe de banguela se transforma numa especie de super-heróis (hello Velozes e Furiosos 5!), o que particularmente não gostei, agora todos filme tem que ter uma galera com um cinto de utilidades e ser metido a Batman, mas felizmente os erros ficam por ai. Aqui o dragão Soluço continua cativante, supostamente ameaçador, poderoso e selvagem, mas que passa ternura e ingenuidade. As crianças se identificam muito com ele, a empatia é enorme, é um baita personagem para filme infantil. Então adicionaram uma namorada para ele, tão fofa e selvagem quanto, mas perfeitamente inserida na trama. As cenas de “cortejo” são o melhor do filme, namoro entre eles dois, dancinhas do acasalamento, pitadas de atitudes adolescentes e uma baita intriga no meio. Tudo isso geralmente acompanhado por Banguela, que passa por um processo semelhante com Astrid.

Não é um filmaço, é mais um ótimo filme da franquia, divertido, honesto, que teve o “peso” de fechar bem a trilogia e o fez de forma muito digna.

https://

 

Share This
Leia o post anterior:
Homem-Aranha no Aranhaverso

Miles Morales é um jovem negro do Brooklyn que se tornou o Homem-Aranha inspirado no legado de Peter Parker, já...

Fechar