Digamos que você tenha encontrado o cara perfeito… aquele que toda mulher sonha!

Ele é carinhoso, fiel, te trata como uma princesa, trabalhador, pensa em um futuro juntos e é completamente apaixonado por você.

Claro que você não fica imune à tudo isso, se encanta pelas qualidades do rapaz e quer começar um relacionamento mais sério.

Mas vamos dizer, que antes dele você estava envolvida com um outro tipo de homem… aquele que é lindo, gostoso, que consegue te arrepiar da cabeça aos pés, basta um olhar para tirar toda a sua concentração, toma conta dos seus pensamentos e te deixa tonta só em falar no seu ouvido… em compensação, a criatura não vale 1,99!

E mesmo estando com o carinha que quer algo sério, você ainda se sente balançada pelo cafajeste e basta ele aparecer para acender tudo que está dormindo no seu corpo.

Dá pra entender? Quem explicar ganha um doce!

Essa situação está acontecendo com os personagens da novela “Cheias de Charme”… que são o triângulo: Elano, Cida e Conrado.

Cida, apesar de saber que o Conrado não presta e que Elano está cheio de amor e boas intenções com ela, não consegue dominar os sentimentos confusos que nutre pelo playboyzinho cafajeste.

Mas esta situação não acontece só nas novelas… muitas mulheres passam por isso e até se culpam por não obedecer a razão e ceder aos caprichos do corpo.

Na maioria das vezes, o arrependimento chega depois… mas até lá, é como se uma nuvem cobrisse todos os sentidos do equilíbrio e só mostrasse o desejo de arriscar o sentimento que fala mais alto.

Como entender que alguém possa abrir mão de um Elano, responsável, cuidadoso e sincero, por um “Conrado” da vida que só pensa nele mesmo e quer se dar bem com todas?

Para quem está de fora desse roteiro, pode até ser fácil argumentar, mostrar o que é, teoricamente, certo e acusar a pobre da moça… mas vivam a situação e depois me contem se é fácil mesmo tomar uma decisão sensata.

Acredito que como todo bom folhetim, Cida irá se decidir por Elano e os dois viverão um grande amor, mas acho que até eles se acertarem, Conrado ainda vai atrapalhar muito essa história.

O que acontece entre esse triângulo, nada mais é que uma imitação da vida real.

Certamente, alguém neste momento está passando por uma situação semelhante… só espero que os rapazes em questão, sejam tão lindos quanto os da novela.

Vamos combinar que assim fica até mais fácil sofrer, né?

 

Pin It on Pinterest

Share This
Leia o post anterior:
Hora de ir embora

Estava tentando, desesperadamente, continuar... Tinha ignorado muitas coisas, inclusive a minha própria felicidade. Abri mão dos carinhos, das palavras de...

Fechar