“Dedo Podre” tem cura!

Sempre ouvi dizer que existe uma categoria de pessoas cadastradas no grupo do “dedo podre”. Aqueles que de forma recorrente estão sempre engatando histórias com pessoas que não valem nem o pote de sorvete consumido no fim da relação. Estes seres fadados a este...

Eu quero um amor brega

Se você quiser pode ler o texto ouvindo:   Que me desculpem os críticos de plantão, mas eu quero mesmo é um amor brega. Não me encanta essa forma desprendida das relações frívolas que os moderninhos definem como “livres”. Liberdade não tem nada a ver com descaso...

Uma SaudadeZinha grande

Tinha um certo cuidado com os cabelos, um vestidinho separado para ir à cidade, mas nunca se maquiou. Talvez fosse uma mulher vaidosa, mas não havia como alimentar isso. Vaidade foi o que primeiro ela riscou de uma lista onde matar a fome dos filhos era prioridade....

Você pode devolver o que levou?

Se você quiser pode ler o texto ouvindo: Jesse & Joy - Echoes of love Quando você me deixou e eu quis ir junto, disseram que eu devia cair na real, que aquela separação seria melhor pra mim e que era para eu tentar enxergar o lado bom. Lado bom? Isso depende dos...

As palavras dele

Se você quiser pode ler o texto ouvindo: Lua e Estrela - Caetano Veloso Não mando bem nesse lance de palavras bonitas como os caras aí que vivem escrevendo sobre mulheres. Aquelas que eles descrevem vestindo camisetas velhas do nirvana e usando coque. Blah! Deu, né?...

Procura-se alguém que saiba escutar

Procura-se alguém que saiba escutar e não apenas ouvir. Alguém que antes de começar a falar desesperadamente sobre si pergunte como está o outro e preste atenção na resposta. Alguém que escute olhando nos olhos e percebendo sentimentos. Alguém que não atropele o que o...

Foi depois do café

Se você quiser pode ler o texto ouvindo: Thank you - Dido  Foi depois do café. Não sei se enquanto eu abria mão de um pedaço de melão meio duro ou se no momento em que a sua xícara descansou perto do prato, também não lembro o que eu disse que desencadeou aquele...

Sincericídio

  Se você quiser pode ler o texto ouvindo: Right to be wrong Eu penso em você todos os dias. Não todo o tempo, mas em boa parte dele. Sim, eu stalkeio você! Entro no seu perfil, vejo as suas fotos, os comentários suspeitos e os check-ins. Quando você demora de...

E quem está contando?

Se você quiser pode ler o texto ouvindo: Mercy - Shawn Mendes   No fim daquela noite em que nos reencontramos por acaso naquela festa que fui por acaso e engatamos aquela conversa conduzida pelo acaso, te ouvi afirmar: aposto que você nem lembra quando foi a...

Acordo de desistência

Se você quiser pode ler o texto ouvindo: Far Away   Sabe, moço... eu acho que a gente precisa fazer um acordo, trato, pacto, contrato ou qualquer coisa do gênero, renunciando as nossas vontades. A gente tem esse lance que já foi, mas não acabou. Essa história...

Liz Passos

É publicitária e blogueira. Em 2009, depois de uma desilusão amorosa daquelas que se conhece o fundo do poço, resolveu criar o blog “Coisas de Liz” para falar sobre o universo dos relacionamentos. Romântica e sempre apostando no amor, foi então que conheceu uma grande e verdadeira paixão: escrever. O mundo deu voltas, foi um pouco duro e depois de um câncer ela descobriu a maior paixão entre todas: viver.

Arquivos

Categorias

Redes Sociais

Pin It on Pinterest