Comunicação verbal: conheça alguns exercícios práticos e eficazes

Vivemos no mundo da comunicação global e instantânea. Ela pode fazer toda a diferença na vida pessoal e profissional. Viver é relacionar com pessoas, comunicar, atender, vender e negociar. Seja qual for a sua profissão, invista de forma contínua na sua maneira de comunicar, verbal, corporalmente, por escrito e nas várias mídias, notadamente a internet. Faça um curso de redação e gramática para você aperfeiçoar o nosso difícil e maravilhoso idioma.

Selecionamos alguns exercícios para você praticar em sua residência e no trabalho, visando melhorar a sua comunicação. Faça as adaptações necessárias e vá em frente:

1) Analise os principais cantores da axé-music e do pop, objetivando entender o quanto eles são eficazes na comunicação com o seu público-alvo. Alguns possuem poucos recursos vocais, mas, são excelentes animadores de plateia e aqui não vai nenhum preconceito, apenas uma constatação, sendo que eles fazem muito bem esta função.

2) Na sua empresa, analise os produtos expostos para que os clientes possam vê-los, tocá-los e desejá-los. Na dúvida, visite um supermercado e perceba a quantidade de produtos expostos, analisando as embalagens, localização, luminosidade e outros aspectos que julgar relevantes. Isso se chama Técnicas de Merchandising.

3) Se você é um vendedor ambulante, procure se destacar na maneira de vestir e comunicar. Crie empatia com os seus clientes e treine a visão lateral, que é a capacidade de estar atento ao levantar de dedo ou um psiu do cliente. Os garçons profissionais sabem a importância desta habilidade.

4) Em frente ao espelho, leia notícias de jornal como se fosse um locutor de rádio ou televisão. Interprete algumas canções, poemas e sonetos, dando-lhes sentimentos. Avise aos familiares que “não ficou maluco” e que é apenas um exercício para saborear as palavras;

5) Se tiver uma filmadora ou gravador, utilize para registrar o seu exercício e depois analise a sua voz, gestos, olhar e postura corporal;

6) Assista a bons filmes e observe os diálogos, efeitos audiovisuais, movimentação dos atores, expressões faciais, tom e ritmo da voz;

7) Analise os telejornais e perceba como os mesmos são concisos e harmonizam os recursos audiovisuais, combinando com a voz, gestos e posturas dos apresentadores. Eles dizem muito em pouco tempo;

Grave comerciais de televisão e analise os argumentos utilizados para persuadir o consumidor;

9) Procure assistir algumas palestras, conferências, seminários e cursos para o aperfeiçoamento das técnicas de comunicação;

10) Cante em casa e/ou em um videokê e pague vários “micos”. Comunicador que se preza tem que conviver com eles, pois são inevitáveis. Dance, descubra o lado lúdico da vida. Assista a um bom filme infantil e dê gostosas gargalhadas. Libere a criança que há dentro do seu coração.

No ano passado eu lancei o livro “Como Falar em Público com Sucesso” (foto) e recomendo a todos os que desejam melhorar as habilidades e competências para comunicar melhor. O mesmo é comercializado exclusivamente pela internet. Aprenda Fácil Editora www.afe.com.br (31) 3899-7000

Publicado em Curso, Dicas mercado de trabalho, livro como falar em público | Com a tag , , | Deixe um comentário

Aprendizagem: sugestões para o seu aprimoramento

Neste post sobre Treinamento & Desenvolvimento Profissional, bateremos um papo sobre a importância de saber ouvir, fazer perguntas, anotações e conexões entre a aprendizagem e as necessidades cotidianas.

Há vários perfis de alunos e participantes em eventos de treinamento e qualificação profissional. Alguns são mais interessados do que outros e mesmo entre os mais atentos aos assuntos, poucos utilizam todo o potencial de aprendizagem e retenção das mensagens mais importantes. Seguem algunas idéias para você analisar:

1) Anote em papel ou grave as principais informações e não confie somente na memória.
Evite conversar e se distrair com o celular, pois você poderá perder informações relevantes;

2) Caso seja fornecido material didático, impresso ou pela internet, leia e releia várias vezes. Há detalhes que num primeiro momento podem passar despercebidos;

3) Na hora do coffee break, aproveite para conhecer pessoas e trocar telefones e e-mail. Lembre-se de que pessoas que têm interesses semelhantes, nutrem simpatia recíproca e podem acontecer parcerias em negócios futuros;

4) Preste atenção à forma e ao conteúdo com que os professores e palestrantes transmitem as suas mensagens. Outro exercício semelhante é analisar os telejornais. Você poderá fazer algumas adaptações à sua comunicação verbal;

5) Seja tolerante com as pessoas que pensam de forma diferente da sua. Evite os julgamentos preconceituosos;

6) Ao interagir com os professores, palestrantes e colegas de aprendizagem, busque fazer perguntas abertas e que comecem com por quê? como? quando? Evite perguntas fechadas, que levam a um sim ou não.

Finalizando, saiba que o sucesso de uma aprendizagem depende de três partes:

33,3 % do professor ou palestrante;
33,3 % do aluno ou treinando;
33,3 % do conteúdo e assuntos abordados.

Fique atento a estes dados estatísticos e perceba o quanto é importante a sua participação:

Aprendemos através dos cinco sentidos

1% através do paladar
1,5% através do tato
3,5% através do olfato
11% através da audição
83% através da visão

Retemos
10% do que lemos
20% do que escutamos
30% do que vemos
50% do que vemos e escutamos
70% do que ouvimos, vemos e logo discutimos
90% do que ouvimos, vemos e logo realizamos

Finalizando, busque concentrar a sua atenção e observar todos os detalhes que julgar relevantes para o seu aprendizado. O “pulo do gato” pode estar relacionado a uma ou mais palavras ou frases do professor, palestrante ou colega de aprendizagem.
Vá em frente e sucesso!

Publicado em aprendizagem; internet;, Curso, Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Deixe um comentário

Campeões de vendas: a arte de saber perguntar

Infelizmente, muitos profissionais que atuam como vendedores, perdem excelentes oportunidades de aumentar os seus ganhos e prestar um excelente atendimento, por não saberem perguntar de forma adequada.

Vender e atender são, antes de tudo, um diálogo entre as partes interessadas. O que você pergunta estabelece como a comunicação irá se desenvolver.

No varejo, um dos maiores equívocos dos atendentes e vendedores é perguntar: – “Posso ajudar?” Na maioria das vezes os clientes dizem que não ou inventam uma desculpa, a exemplo de “só estou dando uma olhada”, “estou passando o tempo e não vou comprar nada”.

Se você quiser entender os motivos emocionais e racionais porque o cliente compra, aprenda a fazer perguntas abertas, ou seja, as que permitem o cliente falar e não apenas responder de forma monossilábica – SIM / NÃO.

A qualidade das suas perguntas diz se você é um vendedor inteligente e bem informado. A primeira lição de um Campeão é conhecer os produtos e serviços que vende. Ao estudá-los, pense com a cabeça do seu cliente, identificando as suas necessidades e desejos.

Procure sempre valorizar as necessidades do seu cliente e crie um relacionamento amistoso. Se ele não comprar a sua imagem e não acreditar no que você diz, a venda estará perdida.

Não seja imediatista e cultive um relacionamento duradouro com o seu cliente. Tenha sempre um cartão de visitas em mãos. Mesmo que no momento o cliente não compre, agradeça pela sua presença e coloque à disposição para futuros negócios. A melhor propaganda que existe é a recomendação do consumidor, agora ainda mais incrementada com as redes sociais.

Procure se diferenciar da concorrência, principalmente através de um atendimento de excelência e que encante o cliente e faça-o retornar e indicar para as pessoas do seu meio social.

Finalizando, lembre-se de que as excelentes perguntas são capazes de trazer as melhores respostas. Saber qual é o problema, sinaliza que as soluções estão prestes a acontecer.

Publicado em Campeões de vendas, Dicas de mercado de trabalho, saiba perguntar com inteligência, Sem categoria | Com a tag , | Deixe um comentário

Você é uma marca: saiba valorizar a sua imagem

Eu 2015 eu conversei com Norma Pereira (foto), Consultora de Imagem, Estilo e Professional Coaching, certificada pela Escole Superiuére de Relooking, Paris, e pela SLAC – Sociedade Latinoamericana de Coaching, Brasil. Em conjunto, elaboramos algumas sugestões para você melhorar a sua imagem pessoal e profissional. Confira!

Talvez você nunca tenha parado para pensar, mas, temos algumas semelhanças com os produtos e serviços que consumimos. Temos um nome; uma embalagem; atendemos necessidades; somos encontrados em um determinado local; cobramos pelos serviços e fazemos propaganda.

Seja para conquistar um emprego, cliente ou a simpatia de outra pessoa, a primeira impressão é muito importante. Tenha sempre em mente que 90% das pessoas formam a opinião sobre você nos primeiros quatro minutos de contato e que até 80% do impacto positivo ou negativo é causado pela linguagem não-verbal – posturas, gestos, olhares.

1.Aparência – vivemos numa sociedade cada vez mais visual, onde o estético é muito valorizado. Vista-se de forma discreta e adequada a cada situação – trabalho, social e lazer. A barba deve estar feita, o cabelo cortado e as unhas aparadas. Se você for mulher, evite decotes, saias curtas, jóias e perfumes muito ativos no ambiente de trabalho.

2.Comunicação – há um ditado popular que afirma: “peixe morre pela boca.” Cuidado com o que você fala, pois as palavras podem ferir e, uma vez ditas, não têm retorno, mesmo que você peça desculpas. Fale menos e ouça mais, observando o explícito e o implícito do que está sendo comunicado.

3. Voz – volume, ritmo, vocabulário e gíria. Tão importante quanto o que você diz é como você diz. Não fale alto ou baixo demais. Utilize um volume adequado ao ambiente, através de um ritmo que facilite o entendimento da mensagem. Falar rápido demais pode deixar as pessoas estressadas ou sem entender a mensagem. Falar lentamente pode causar monotonia e cansaço nos ouvintes. Amplie o seu vocabulário e conheça sobre os mais variados assuntos. Quando não souber o assunto, fique de boca fechada e ouvidos bem abertos. Faça perguntas para facilitar o seu entendimento. Tenha cuidado especial com as gírias. Se aqui em Salvador chamar o outro de “pai”, “mãe” ou usar as expressões “porra” e “tá ligado” é algo considerado “normal”, lembre-se de que nem todas as pessoas gostam deste tipo de comunicação. Estude o ambiente e a cultura dos seus interlocutores. Além disso, as gírias e os palavrões empobrecem a comunicação.

4. Saiba chegar e sair dos ambientes – a forma como você se aproxima das outras pessoas deve ser estudada cautelosamente. A depender da situação, ela deve ser discreta e humilde. Em outras, triunfal e de vencedor que veio para contribuir com as soluções dos problemas. Ter uma pasta, maleta ou bolsa bem conservada e com o material essencialmente necessário, demonstra que você é uma pessoa organizada e que tem as informações na ponta das mãos. Saiba cumprimentar os demais, evitando a mão frouxa ou apertada demais. Não invada o espaço físico e de valores (o que o outro julga importante) dos seus interlocutores. Saber chegar e sair dos ambientes de trabalho e sociais parece fácil, mas não o é. Exige senso aguçado de observação e muita cautela.

5. Gestos – eles merecem um cuidado especial e devem ser adequados à maneira como você está se comunicando. Vejamos dois exemplos: gestos num ambiente social, descontraído e com música alta. Aqui eles podem ser mais espontâneos e fortes. Falando numa cerimônia religiosa ou na televisão, eles devem ser moderados.

Por último, lembre-se que construir uma boa imagem leva tempo e para destruí-la basta um segundo. Com o tempo você desenvolverá o conhecimento e o transformará em experiência de vida. Por outro lado, mesmo que você não cause uma primeira boa impressão, terá chance para causar uma segunda boa impressão.

Informações: (71) 3341.2635 / 8638.2603 | 9988.2003 www.normapereira.com.br
Av. Tancredo Neves, 620 – sala 2422 – Empresarial Mundo Plaza (próximo ao Shopping Iguatemi).

Publicado em Dicas mercado de trabalho, Mercado, Oportunidade | Com a tag | Deixe um comentário

Expel Elevadores está em novo endereço em Salvador

A Expel Elevadores acabou de inaugurar as suas novas e modernas instalações em Salvador.
Rua dos Radialistas, 146 – Pituba – CEP 41810-650 telefone (71) 3383-1165.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Atakarejo abre vagas para diversas funções

O Atakarejo vivenciando um momento de crescimento disponibiliza vagas na área de liderança. Nesse momento, estamos buscando Encarregado de Operações nas áreas de Padaria, Açougue e Perecíveis.

ENCARREGADO DE OPERAÇÕES EM SUPERMERCADO
– Escolaridade: Ensino médio completo (desejável superior)
– Experiência em carteira de 6 meses
– Disponibilidade de horário
– Experiência nas áreas de: Perecíveis, Padaria, Açougue em rede de varejo

Os interessados deverão enviar currículo para o e-mail vagas.atakarejo@gmail.com

Publicado em Atakarejo - empregos, Sem categoria, Vagas de emprego Atakarejo | Deixe um comentário

Carlos Prates lança a 2ª edição do livro O Educador do Século XXI

Nessa semana eu lancei pela editora Widbook, a segunda edição do meu livro “O Educador do Século XXI”.

Escrito de forma clara e objetiva, o livro se baseia em dezenas de cursos e palestras que ministrei em jornadas pedagógicas nos municípios baianos de Brumado, Barra da Estiva, Bom Jesus da Lapa, Caculé, Caetanos, Aracatu, Anagé, Gandu, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Serra Dourada, Tanhaçu, entre outros.

Ideal para professores e diretores, bem como estudantes de pedagogia, letras, filosofia e áreas afins. Leia gratuitamente os primeiros capítulos, acessando o link o-educador-do-seculo-xxi

O livro é comercializado exclusivamente no formato e-book (leitura em computador, telefones celulares e tablets). Para adquiri-lo, basta enviar e-mail para pratescarlos@uol.com.br valor promocional de R$ 14,90. Um grande investimento para o sucesso da sua carreira profissional.

Publicado em Sem categoria | Com a tag | Deixe um comentário

Abílio Diniz e as suas ideias inovadoras e compartilhadas

Há muitos anos leio e pesquiso as ideias desse conceituado empresário brasileiro (foto), que já passou por altos e baixos em sua vida pessoal e profissional.

O mesmo está compartilhando as suas experiências, utilizando as redes sociais, notadamente o Facebook, bem como palestras em Universidades e Faculdades. Seguem algumas das suas frases:

1)“Quando você perceber que a disciplina é uma ferramenta para crescer, você dará valor a ela”;

2) “Quando se sentir perdido, pare e olhe para dentro de si para se reencontrar”;

3) “Sabedoria é manter todos os papéis que você desempenha, em equilíbrio”;

4) “As chances de sucesso rumo à felicidade se multiplicam no momento em que você coloca amor naquilo que faz”.

Pesquisando no www.youtube.com.br encontrei uma série de vídeos produzidos pela EXAMETV, onde a sua Editora Executiva, Cristiane Correa entrevista Grandes Líderes – Luiza Trajano (Magazine Luiza), Jorge Gerdau, Vicente Falconi, entre outros.

Em relação à entrevista com Abílio Diniz, selecionei estes tópicos da sua fala:

a) “Os funcionários devem ter conhecimento dos hábitos, costumes e cultura local, pois facilita o entendimento dos negócios…”).

b) “Procuro inspirar hábitos saudáveis às pessoas que estão próximas a mim. Acredito que uma boa gestão é manter o equilíbrio entre alimentação, amor, atividade física, espiritualidade, controle do estresse e autoconhecimento”.

Fica o exemplo para que famosos e anônimos líderes empresariais, jornalistas, escritores, administradores, médicos, professores e advogados, entre outros profissionais, também façam algo semelhante, objetivando compartilhar os seus conhecimentos com milhares de pessoas.

Assim, sugiro que você também acesse o Facebook de Abílio Diniz:
abiliodiniz?fref=ts

Publicado em Dicas de mercado de trabalho, Ideias de Abílio Diniz, Sem categoria | Com a tag | Deixe um comentário

Técnicas para encantar os seus clientes

Hoje, abordaremos algumas técnicas de atendimento que são simples e eficazes, porém, somente os excelentes profissionais colocam em prática:

1) Seja cordial e simpático – os profissionais de vendas que colocam em prática estas habilidades e as executam porque gostam de pessoas, sempre terão vantagens competitivas em relação aos demais vendedores. Atenda bem a todos os clientes e elimine qualquer tipo de preconceito, de natureza racial, religiosa ou social;

2) Atenda de imediato – não deixe o cliente esperando, principalmente se o serviço que você estiver realizando não for urgente. Não fique de bate-papo com os colegas, pois atitudes assim causam má impressão ao cliente. Para quem espera, um minuto pode ser muito tempo. No entanto, depois de ter sido inicialmente atendido (mesmo que só com a frase “aguarde um instante que já o atenderei…”), isto fará com que o cliente seja mais paciente e colabore com você;

3) Dispense total atenção ao cliente – faça o cliente sentir-se bem vindo, ofereça uma água, café ou caramelo. É incrível como estas regras básicas de atendimento são negligenciadas por muitos atendentes. Se a sua loja não possui alguns destes “mimos” para os clientes, estimule o gerente a implementá-los;

4) Preste orientações corretas – fornecer todas as informações necessárias para satisfazer as necessidades dos clientes é essencial para o atendimento e as vendas. Na dúvida, não dê informações e faça uma pesquisa ou chame alguém que possa lhe auxiliar, principalmente no que se refere a valores, forma de pagamento e juros. Segundo o ex-ministro Delfin Neto, “o órgão mais sensível do corpo humano é o bolso”;

5) Evite termos técnicos – uma situação assim pode causar incompreensão ou constrangimento. O ideal é usar expressões simples em voz pausada e clara. A obrigação de se fazer entender é de quem está se comunicando e não da pessoa que está ouvindo;

6) Não dê ordens aos clientes – ninguém gosta de ouvir ordens, especialmente o cliente. Uma expressão cordial tem valor bem mais positivo e surte o mesmo resultado. Não se esqueça das palavras mágicas – obrigado, por favor e bom dia;

7) Fale a verdade – só construímos relações duradoras se as mesmas forem baseadas na verdade. Mesmo não sendo agradável, é melhor assumir uma falha eventual do que dar ao cliente a impressão de que está escondendo informações ou omitindo problemas;

7.1) Ideias criativas – o varejo é dinamismo e inovação. Busque com a sua equipe de trabalho as soluções mais criativas para a melhoria contínua do atendimento. Desenvolva programa de estímulo a novas ideias.

OS PRINCIPAIS ERROS NO ATENDIMENTO

a) Falta de atenção ao cliente. Este é o mais comum e ele possui outras vertentes, tais como achar que o cliente não tem dinheiro ou não deseja comprar (é “caroço”), preconceito racial ou de classe, falta de concentração e conversas desnecessárias entre os vendedores e demais funcionários da loja;

b) Comunicação verbal e corporal inadequada. O mais comum é o vendedor falar demasiadamente e não ter a capacidade de ouvir e entender o que o cliente deseja. Ansiedade para fechar a venda, preguiça ou lentidão para atender ao cliente. Timidez ou não possuir a desenvoltura necessária para gerar empatia e conquistar o consumidor. A comunicação é a base das transações comerciais. O funcionário que não sabe se comunicar terá inúmeras dificuldades para alcançar as suas metas;

c) Falta de cortesia e educação dos atendentes, vendedores e gerentes. Cortesia e educação são essenciais para conquistar e manter os clientes. Há pessoas que atendem com má vontade e isso é externado no seu tom de voz, semblante e na forma de caminhar. Se o gerente for do tipo mal educado e grosseiro, a tendência é que uma grande quantidade de colegas da equipe copie o seu modo de agir. Normalmente, agirmos conforme os nossos líderes;

d) O mix de produtos está inadequado ao público alvo ou há falta de produtos. Às vezes a loja não consegue vender porque os produtos não são adequados às necessidades dos clientes ou o sistema de estoque está com falhas;

e) Outros motivos. Há vários tipos de erros e a melhor maneira de identificar quais são é estar atento ao comportamento dos atendentes, vendedores e clientes. Esta é uma das principais funções do gerente da loja e demais colaboradores. Além disso, deve-se realizar pesquisar formais e informais junto aos clientes.

Publicado em Sem categoria, técnicas de atendimento ao cliente | Com a tag , | Deixe um comentário

Livro O homem que não sabia amar

É com grande alegria que informo aos meus queridos leitores que acabei de lançar pela editora Widbook o meu primeiro livro (foto) de autoajuda e de ficção.

O livro é sobre as aventuras e desventuras amorosas de Roberto, um renomado professor e escritor. Aos 43 anos, ao final de mais um relacionamento fracassado, ele chega à conclusão de que não sabe amar. Ao invés de culpar as mulheres com as quais se relacionou, resolve fazer uma viagem no seu “interior psicológico” para identificar os reais motivos.

Para tal, entrevista homens e mulheres para saber a respeito dos seus relacionamentos amorosos. São relatos alegres, tristes, cômicos e dramáticos de personagens do cotidiano, que vivem em lugares alegres e boêmios de Salvador e de outras cidades do Brasil.

A linguagem é de fácil entendimento, cuja empatia dos leitores com os personagens é imediata.

O livro é em formato de e-book (leitura na tela do computador, telefone celular, tablet) e você pode ler gratuitamente os primeiros capítulos através do site o-homem–que-nao-sabia-amar

Ele é comercializado exclusivamente pela internet (pratescarlos@uol.com.br), com valor promocional de R$ 14,90.

Publicado em Novo livro de Carlos Prates, O homem que não sabia amar | Deixe um comentário