Exercícios de dicção e para falar em público

1) Em frente ao espelho, leia notícias de jornal como se fosse um locutor de rádio ou televisão.  Interprete algumas canções, poemas e sonetos, dando-lhes sentimentos. Avise aos familiares que “não ficou maluco” e que é apenas um exercício para saborear as palavras;

2) Se tiver uma filmadora ou gravador, utilize para registrar o seu exercício e depois analise a sua voz, gestos, olhar, postura corporal, etc. Interrompa as partes que não gostou e faça novas apresentações;

3) Assista um bom filme no cinema ou em vídeo, observando os diálogos, os efeitos audiovisuais, a movimentação dos atores, as expressões faciais, tom e ritmo da voz. Sugestões de filmes: O Advogado do Diabo; Casablanca; O Poderoso Chefão I; D. Juan de Marco; Cinema Paradiso. Para analisar a expressão corporal, sugerimos os filmes de Charles Claplin – o inesquecível Carlitos;

4) Assista à televisão com espírito crítico, observando as vozes
(volume, ritmo e entusiasmo), as expressões faciais, as roupas dos apresentadores e atores, cenários e iluminação;

5) Analise os telejornais e perceba como os mesmos são concisos e harmonizam os recursos audiovisuais, combinando com a voz, gestos e posturas dos apresentadores. Eles dizem muito em pouco tempo;

6) Grave vários comerciais de televisão e analise os argumentos utilizados para persuadir o consumidor;

7) Procure assistir algumas palestras, conferências, seminários e cursos para o aperfeiçoamento das técnicas de comunicação;

8) Cante em casa e/ou em um videokê e pague vários “micos”. Comunicador que se preza tem que conviver com eles, pois são inevitáveis. Dance, descubra o lado lúdico da vida. Assista a um bom filme infantil e dê gostosas gargalhadas. Libere a criança que há dentro do seu coração;

9) Exercite seu corpo. Ande bastante. Escolha exercícios físicos que lhe agradem e aproveite-os para eliminar tensões. Se possível, participe de uma oficina de teatro. Este espaço é seu. Quais as suas dicas?

Exercícios de dicção

 – Em cima daquela serra tem dois pés de mafagarfo, com dois mafagarfinhos. Quem disser quantos mafagarfos tem, um bom desmafagarfizador será.

– Dudu dizia danado da vida: – Dadá,  deixe disso, onde vai dar tanta doidice?

–  Lá vem o velho Félix com o fole velho nas costas. Quanto mais mexem no fole do velho Félix, mais o fole do velho Félix fede.

–  As folhas do chá da arquiduquesa já estão secas, supersecas ou ressecadas?

–  Se cem serras serram cem cigarras, seiscentas serras serram seiscentas cigarras e seiscentas e seis serras serram seiscentas e seis cigarras.

– Seis  caçadores sobre seis sofás cochichavam ao caçador sem sorte:
Seja sortudo sem suspeita e sua sorte salvará seus segredos.

– O rato roeu a roupa de renda do rei de Roma, a rainha ruim resolveu remendar.

– A vida é um sucesso que sucede sucessivamente sem cessar.

Pratique quantas vezes desejar e saiba que somente o treino e a persistência serão capazes de transformá-lo num campeão da oratória.

Informações sobre cursos e palestras www.veraserra.com.br e-mail cursos@veraserra.com.br (71) 3491-1562 /  8139-7772

Esta entrada foi publicada em Dicas mercado de trabalho. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas para Exercícios de dicção e para falar em público

  1. hike disse:

    è dificil falar em público, ainda mais quando você fala rápido. Abraços a todos.

  2. Guilhermer Duarete Marques disse:

    Sou Deficiente Físico e tenho uma voz que todos acham de execelentes qualidades, por issi senti muito grato ao observar suas dicas. Obrigado.

  3. fernandés soya disse:

    gostei bastante da dicas cá passsada, de facto vou procurar efectuar estes exercício de extrema importancia, brigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *