Na segunda-feira, 19/06, recebi uma mensagem de um amigo perguntando se eu tinha recebido o convite do Uber para o Show da Elba Ramalho que aconteceria no dia 20/06. Quando vi o email fiquei super animada, fui chamada de cliente VIP. Fiz a confirmação na mesma hora e no dia, o local era surpresa, bastava chamar o motorista pelo código: #UberArraiá. Quem me conhece sabe que desisti de comprar um carro por alguns motivos: 1- é mais econômico financeiramente; 2- mais seguro ter alguém dirigindo pra mim (não sou barbeira. rs!); 3- porque resolvo minha vida no celular durante os engarrafamentos nessa cidade (por mim aqui já teria rodízio de carros – #ficadica). Com isso, me considero “VIP” por utilizar muito o serviço, já cheguei a usar em um único dia oito viagens.

WhatsApp Image 2017-06-20 at 23.05.25 (1) WhatsApp Image 2017-06-20 at 23.05.25 WhatsApp Image 2017-06-20 at 23.05.24

No dia, toda animada, com minha mãe que é super fã da Elba, tive alguns percalços. Trabalho com publicidade e acabei atrasando alguns jobs. Pedi o Uber às 21h e cheguei ao local, 21h20. No caminho, tinha combinado de encontrar um amigo, Antônio Freitas Netto que já estava muito chateado porque recebeu uma mensagem dizendo que não teria mais como ele pegar o Uber pelo código. Imagina só, você pronto para ir e recebe uma mensagem dessa, sendo que você é VIP pela empresa. Eu aconselhei ue viesse sem o código que eu tinha certeza que ele entraria. Mas preferiu ver a Mulher Maravilha (sorte a dele. Eu deveria ter feito o mesmo!).

WhatsApp Image 2017-06-20 at 23.05.47

Chegando lá vi duas filas e fui perguntar porque haviam duas e um dos seguranças me informou que provavelmente não entrariam as pessoas da segunda fila (mais de 200 pessoas) porque já tinha a lotação da festa. Oi? Como assim? (só rindo) Chamei uma pessoa da produção, tentei me informar e percebi o nervosismo de todos. Não sei se eles trabalham com produção de festas, mas achei tudo muito confuso.

WhatsApp Image 2017-06-22 at 17.08.58

Entre os barrados, estavam José Raimundo Ferreira, advogado de 76 anos, e sua filha Bianca Caira. Os dois afirmaram que foram maltratados pelos seguranças ao questionarem sobre o direito de cliente e detentor de prioridade, conforme Lei Federal. “Meu pai é cliente assíduo da uber com gastos mensais acima de R$2.000,00. Recebeu convite via e-mail para a festa da Uber acreditando ser um evento seleto, conforme constava no convite, além de ser um evento que exigia confirmação de presença. Em se tratando de uma empresa multinacional do porte da Uber e patrocínio da renomada marca Chivas Regal aceitou o convite e me chamou para acompanhá-lo. Indignado e constrangido com a situação solicitou a presença de um organizador do evento para reclamar acerca do ocorrido. Saliento que o organizador nada fez apenas informou que não tinha como resolver a situação e que realmente não tinha como nos deixar entrar, pois a casa tinha atingido lotação máxima e não comportava mais ninguém. Realmente passamos um constrangimento muito grande é enorme frustração em sairmos de casa acreditando que tínhamos sido prestigiados com o convite e na verdade fomos enganados e desrespeitados ao sermos barrados”, afirmou Bianca. Os dois ainda garantiram que vão entrar com uma ação judicial contra o Uber.

A decepção não parou por aí, alguns dos clientes que já estavam dentro da festa, como a Erika Almeida, saiu com 30 minutos no local. Segundo ela, filas enormes para pegar bebidas, lugar apertado e com certo tumulto, a sensação de que tinham mais convidados do que deveria. “Saí de Itapuã, da minha residência, achando que eu era uma cliente importante para o Uber. Mas para mim a festa foi uma decepção. Foi a treva!”

Até o momento do fechamento desse texto, não houve um comunicado do UBER sobre o ocorrido. 

 

Share This
Leia o post anterior:
Vou de Táxi | Dia dos Namorados
Vou de Táxi | Dia dos Namorados

Dia dos namorados, um táxi, duas doidinhas (Val e eu) e um casal super animado e cheio de amor, Lea...

Fechar